Diga-me o que compras e te direi quem és e outras futilidades

O verão curitibano tem me deixado prostrado, mas apenas quando posso me dar ao luxo de ser burguês e dormir à tarde. Fechada a porta de casa, descolo a roupa do meu corpo e passo o dia apenas de cueca. Não me aguento mais me ouvir pronunciar o santo nome em vão seguido de ‘que calor!’ Minha avó materna e meu avô paterno também sofrem bastante com o calor; os dois ficam ensopados… acho que estou seguindo o mesmo caminho, sinto que meu gene do suor facial e dorsal estão sendo ativados nesta estação.

O calor em Curitiba tende a ser menos rigoroso do que em Americana, mas parece que essa diferença não me é mais relevante. Tenho tentado concentrar minhas atividades no período de incidência solar mais amena, antes e depois do período 11h30 às 16h30. À noite, mesmo estando uns 30 metros do chão, é impossível a combinação de luzes acesas e janelas abertas, quando esta acontece uma nuvem de insetos vem me infernizar. Entre eles estão peculiares joaninhas verdes de pintas alaranjadas (não é piada não, é verdade!) que acho que são iguais à da foto abaixo.

Acho que elas devem estar em período de procriação...

Mudando de pato para ganso, agora entrarei na parte das não futilidades, a razão do título desta postagem. Fui ao supermercado hoje à noite e para minha surpresa todas as cestinhas estavam ocupadas, peguei um carrinho pequeno para fazer as minhas compras (daqueles que a parte de cima é menor que a debaixo e não nos damos conta disto e vamos atropelando calcanhares e colidindo com outros carrinhos). Aproveitei que teria mais espaço e resolvi comprar os produtos de limpeza que estavam acabando. Lálálá, feitas as compras me dirigi ao caixa. Primeiro fiquei tentado a entrar na fila de idosos e gestantes mas acabei ficando numa das poucas filas liberadas para os não idosos nem gestantes. Impacientes, as duas pessoas que estavam na minha frente desistiram de esperar e tomaram a frente das velhinhas. Ao avançar na fila, acabo colidindo com o carrinho da frente, peço desculpas e tudo continua como estava. A demora me fez olhar para o teto, para as outras pessoas, e para uma coisa que acabo fazendo quando o tédio das longas filas me ataca: a compra alheia. Meu alvo não poderia ser mais interessante: 4 caixas de suco Del Valle de diferentes sabores, vários copos de iogurte (ambos resultado das temperaturas escaldantes dos últimos dias) e 5 grandes pacotes de PIPICAT!!!

Pipicat Classic

Pipicat Classic

Pipicat Perfumado

Pipicat Perfumado

Eram 20 Kilogramas de areia para gato, 12 Kg da areia clássica e 8 Kg da areia perfumada! Todos no carrinho de uma única mulher!

Eu me pergunto, será que ela mistura as areias para que a clássica passe a ser levemente perfumada? Quantos gatos deve ter essa criatura?

No momento acreditei estar diante de uma CCL (Crazy Cat Lady), porém ainda seriam necessários outros outros detalhes em sua descrição. Segundo o blog Cute with Chris, CCLs são solteiras, usam tamancos, costumam ter mais de dois gatos e ao menos uma peça do vestuário com estampa/bordado de gatos. Não pude verificar todos esses detalhes. Depois de passada a compra dela eu fiquei até sem graça com o que tinha pensado. Se ela é ou não uma CCL isso não é meu problema, pode ser que ela seja médica veterinária,  ou que tenha um abrigo para gatos, mas se ela realmente for uma CCL eu me identifico com sua situação.

A solidão urbana é uma coisa terrível, sempre que me sinto livre de obrigações eu acabo me sentindo extremamente sozinho. Um animal de estimação é provavelmente um bom remédio para esse sentimento, mas não é suficiente. Comecei a escrever pela simples necessidade de falar com alguém. Não há uma alma viva conectada e ninguém para atender ao telefone.

Bom, minhas leituras estão fluindo de maneira interessante. Acabei New Moon e posso dizer que foi bom, o livro é bem escrito e a história é interessante. Continuo lendo State of Fear, a leitura está um pouco enroscada, ainda não me apaixonei pelo livro. A mais recente aquisição é Prayers for Bobby que estou adorando; ainda estou no começo mas a história é extremamente comovente. Na minha lista de pedidos está The Diary of Petr Ginz, The Prize de Daniel Yergin e o livro do Obama… vamos ver se alguém acaba me presenteando com um deles no aniversário (dedos cruzados).

O aniversário de 14 anos da minha irmã está chegando. Sugeri a ela um livro de presente e ela me pediu que escolhesse algum de Edgard Allan Poe ou um livro de contos da Lygia Fagundes Telles. Estou mais propenso a comprar um da Lygia, mas se encontrar alguma coisa no sebo levarei do Poe para complementar.

Parece que algo aconteceu com os membros da minha família. Estou ligando desde as 22h e não encontro ninguém em casa.

Acho que sou viciado em falar; estou sentindo fortes desejos e vejo que os efeitos da abstinência não demorarão a chegar. Hoje só troquei uns ‘oi, tudo bem?!’, ‘bom dia’, ‘boa noite’ e ‘obrigado!’; minha conversa mais longa deve ter durado uns 15 segundos. Apesar da boa dose de conversa do dia anterior, hoje fiquei praticamente isolado do contato social (mesmo tendo estado num mar de gente). Isso não me faz bem.

Amanhã tentarei voltar a escrever.

Esse post foi publicado em day-by-day e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Diga-me o que compras e te direi quem és e outras futilidades

  1. lookkas disse:

    Crazy Cat Ladies on the floor!

    Let’s dance!

    Dance dance dance!

    Na parte séria do comentário, sei como é estar isolado do contato social, mesmo estando num mar de gente. Coisa emblemática dos nossos tempos…

  2. Lucas Giacometti disse:

    os gatos usam um pacote de areia por semana, ela devia estar comprando para o mes inteiro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s